quinta-feira, 12 de abril de 2012

OS PRIMEIROS CARROS DO PIQUET

Todos nós apaixonados por automobilismo conhecemos os carros do tricampeão Nelson Piquet da Formula 1. Mas antes dele chegar lá!!!
Ele correu em alguns carros que não são muito conhecidos da grande mídia, principalmente, aqueles  que ele começou a correr aqui em Brasília e em outras cidades também, até partir para as corridas de fórmulas e tomar rumo da Europa onde se consagrou.
As ilustrações destes carros foram feitas pelo meu amigo artistas e ilustrador Ararê Novaes  que ilustrou todos os seus carros desde o primeiro fusquinha, passando pelos fórmulas 1, até os últimos que ele correu.


Fusca Restaurante Beirute (VW 1600)- 1971 - O restaurante Beirute é bem tradicional em Brasília e existe há muito anos, desde o início da década de 70. É onde a juventude brasiliense "Cult" se encontravam para papos "cabeça" e houve uma época também que haviam pegas ali. Até hoje ele existe na 109 sul e mais recentemente na 107 norte.


Fusca Camber (VW 1900 cc) - 1972 - Este é o fusca que o Piquet pegou "emprestado" da mãe do Alex Dias Ribeiro e colocou um motor de 2 litros pegado emprestado do Ricarrdinho Nhen Nhen Nhen e foram para Belo Horizonte correr e ele ganhou na sua categoria.


Fusca preto nº 13 - IDEAL teto rebaixado (VW 2000 cc) - 1972 - Este fusca não me lembro de vê-lo correr aqui em Brasília, mas segundo "Penta News Asssociation", ele correu em Goiânia. Sei que eles colocaram um câmbio de 6 marchas e me parece que foi parcialmente destruído num incêndio.


Opala nº 15 - IDEAL/Induspina - 1973 - Opala da Ideal/Induspina. Se não me falha a memória, ele correu em Goiânia e deu show lá. Lembro-me dele treinando para alguma prova de longa duração aqui em Brasília, mas não me lembro de vê-lo correr aqui.


Maverick Crush nº 2 -1976 - Este maveco o Piquet fez dupla com o Paulo Guaraciaba nos Mil quilômetros de Brasília de 1976, prova em que o Catanha fez a pole, mas não me lembro se ele terminou ou não a prova.


Super Vê nº19 -1974 - Este foi o seu primeiro Super V que ele correu e era puxado por uma Kombi. Diz a lenda que numa viagem para disputar uma corrida, o motor da Kombi pifou e o Nelson tirou o motor do Super V no meio da estrada e o instalou na Kombi e continuou a viagem. Existe uma réplica muito bonita deste carro em sua garagem.


Fórmula Super Vê -1976 - Este Super V foi o que ele foi campeão em 1976. Vi uma prova dele aqui em Brasília debaixo de muita chuva.

11 comentários:

  1. Muy buen trabajo, me encantó el Maverick de Crush (me recuerda a mi infancia tomando esa gaseosa) y ambos Super Ve.
    Abrazos!

    ResponderExcluir
  2. É Jovino pra mim que sou fã incondicional do "homem" é muito legal ver as baratas dele, eu já tinha visto a série no blog do Ararê. Muito legal!!!
    Obs: será que eu poderia fazer do capacete que eu uso pra correr, uma réplica do capacete do Piquet??? Só faltam as gotas vermelhas, ele é todo branco!!!

    ResponderExcluir
  3. Juanh, também bebi muito o refrigerante Crush na minha infância. Fabiani. Quando estive na garagem do Piquet há uns dois meses atrás, o filho do Sandro Ferrari venda uma réplica perfeita do capacete do Piquet autografado por ele. Se você se interessar posso ver para você.
    Jovino

    ResponderExcluir
  4. Jovino,
    Tenho uma velha foto colorida do Piquet, no grid, dentro do Super Vê Gledson. Qualquer dia vou levar no clube para ele autografar.
    Luiz Tinoco

    ResponderExcluir
  5. Luiz, se você quiser me emprestar para eu escanear, agradeceria. Pinta na quarta lá no nosso encontro que o Piquet sempre está por lá.
    Jovino

    ResponderExcluir
  6. Jovino,

    Quarta que vem então.

    Luiz

    ResponderExcluir
  7. Báh, Jovino seria um sonho ter um capacete autografado pelo Piquet, dá uma olhada no preço pra mim, mas sabe como é que é to terminando um gol de pista e tenho mais o meu 147 pra arrumar algumas coisas pra próxima etapa então os recursos são escassos,mas podemos ver,obrigado e qdo encontrar o Piquet diga à ele que aqui em Lages Sta Catarina ele tem um fã inveterado,ele conheçe a minha cidade ele já esteve aqui a alguns anos e eu estava viajando e não pude estar presente uma pena!!!

    ResponderExcluir
  8. Outro dia eu disse para um amigo americano que o Piquet frenquentava o clube de carros antigos como se não fosse um tri-campeão mundial de F-1. O cara ficou estarrecido. Disse que isso seria inimaginável nos USA.

    ResponderExcluir
  9. Luis, ontem mesmo, no almoço que temos lá no Beer Fast, no Pontão, falamos a respeito disto, de como o Nelson se sente a vontade no meio dos amigose e a importância que ele tem para o convívio da gente, tanto como pessoa bacana que ele é, como toda aquela bagagem de conhecimentos de toda a sua vivência no mundo da F1. Que lugar do mundo podemos ter uma turma tão bacana como esta, de ex pilotos, amantes do automobilismo que se reúnem duas vezes por semana para papear!
    Jovino

    ResponderExcluir
  10. Esse V8 da CRUSH , é simplesmente demais, Maravilhoso !!!

    ResponderExcluir
  11. Olá , amei encontrar este blog ! Este fusca preto realmente fez sucesso para um pequeno publico .Ele foi construído pelo meu ex marido , Waltinho Ferrari , e Nelson correu com ele em São Paulo . Waltinho estendeu o eixo e colocou mais uma engrenagem totalizando 6 marchas no primeiro FUSCA em Brasília . Já o Maverick branco ficou exposto no Touring Clube , na Rodoviária de Brasília .Teve outros pilotos como Aray de Paula Xavier , que morreu em sua primeira corrida na Inglaterra , Norair , Roberto Pupo Moreno entre outros que passaram por nossas mãos . Foi gratificante ver nosso fusquinha no seu blog . Um abraço e felicidades !!!! Aldaraci Silva Ferrari ( Dora Ferrari )

    ResponderExcluir