domingo, 8 de setembro de 2019

WALDIR LOMAZZI NOS DEIXOU


Faleceu Waldir Lomazzi, piloto e construtor de carros de corridas e que participou do cenário automobilístico brasiliense e brasileiro no final dos anos 60 e início de 70 e que fez parte da primeira geração de pilotos de Brasilia.

Além de piloto e construtor de carros de corridas, era também um esportista, que atuou no futebol como goleiro do Goias, Palmeiras e do W3 de Brasília, além, de, nas horas de lazer, se dedicar a uma outra grande paixão: a música, e fazia parte de um grupo de chorinho tocando bandolim com o amigo Dionísio Coqueiro (como mostra o vídeo mais abaixo).

ELGAR GT 104

No automobilismo, foi um dos construtores juntamente com Ênio Garcia de um dos mais belos carros de corridas do final dos anos 60, o Elgar GT 104,  (como mostra matéria que fiz com ele há alguns anos e publicado aqui no Mocambo Blog) resgatando a história do Elgar GT 104, mostrando toda a construção deste protótipo.


Construído com mecânica VW e com motor entre-eixos traseiro com chassi tubular e carroceria em fibra de vidro.

Lomazzi testando a posição do banco
O carro foi esculpido por Lomazzi atraves da soldagem das treliças de arames e que deu forma ao designe do carro sob a orientação e projeto de Ênio Garcia.

O belo protótipo em ação nos 500 km de Fortaleza de 1969.


Aqui a única vitória deste protótipo os 500 km de Brasília de 1969 pilotado por Toninho Martins e Luis Claudio Nasser.

PROTÓTIPO JIRIPOCA 

Também construiu o Jiripoca (apelido), protótipo construído em chassi tubular, carroceria em chapa de alumínio, mecânica Ford Corcel, concebido e construído por Waldir Lomazzi e Bernardo Baessa na Oficina de Automóveis “Mecânica São Bernardo”, que à época funcionava na entre quadra 404/403, em Brasília – DF. Participou de 4 corridas no Circuito do Pelezão em Brasília – DF, terminando em 8º, 9º, 5º e 3º lugares, sempre pilotado pela dupla de construtores.


Waldir Lomazzi acelerando o protótipo Jiripoca no autódromo improvisado do Pelezão em 1972.


Lomazzi com o Renault Rabo quente em Brasília.

Abaixo, Lomazzi tocando bandolim com o seu parceiro Dionísio Coqueiro e amigos.



16 comentários:

  1. Tive o grd privilegio de conhece-lo e tb a familia maravilhosa. Morei mtos anos na 103 Sul, mesmo predio deles. Ser humano maravilhoso. Que ja esteja descansando em paz e que Deus conforte os corações de todos da familia. Meus sentimentos pela irreparavel perda à familia dele. Leda

    ResponderExcluir
  2. Nossa que bela trajetória de vida....Deus deu para o Sr. Valdir uma família maravilhosa e dons espetaculares entre eles tocar bandolim..
    O toque vai lá no fundo do coração lindo demais impossível não se emocionar ouvindo...que Deus receba o Sr. Valdir de braços abertos ....e a seus familiares e amigos fica a saudade mas uma certeza da missão que foi confiada a ele cumprida.

    ResponderExcluir
  3. Jovino,
    Os meus cumprimentos pela matéria.
    Uma forma de se fazer uma homenagem justa ao nosso amigo Waldir Lomazzi que, pela humildade, pautou a sua vida no anonimato.
    Waldir Lomazzi viveu bem, curtiu muito a vida com a família e amigos com muita música.
    Perdemos um seresteiro e um grande amigo.
    Vai fazer muita falta.

    ResponderExcluir
  4. Meus sinceros sentimentos, Grande Waldir.

    ResponderExcluir
  5. Meus sentimentos. Uma linda e merecida homenagem.

    ResponderExcluir
  6. O meu tio sempre foi um homem bom e admirável, dedicado à família, aos amigos e ao trabalho. Fez a diferença no mundo compartilhando o bem. Deixa, com a sua partida, grande tristeza e muitas saudades.

    ResponderExcluir
  7. Grande homem íntegro e trabalhador, admirável agora descansa nos braços do pai.
    Meus sentimentos aos familiares

    ResponderExcluir
  8. Triste, que deus reserve um pódio bem bonito para esse grande homem e companheiro.

    ResponderExcluir
  9. Waldir Lomazzi estará sempre em nossos corações 💗 sentiremos saudades da sua emoção ao tocar e cantar músicas sempre tão profundas e belas✨ Deus esteja contigo em paz✨🙏🏼✨
    Abraço na família 💛
    Deus conforte a todos neste momento✨
    Deborah

    ResponderExcluir
  10. Deixo aqui um grande abraço para a família desse grande amigo que também fez parte de minha vida e pai de um grande amigo. Seu filho.

    ResponderExcluir
  11. Não o conhecia pessoalmente mais sempre assistia seus vídeos no YouTube e tenho uma grande admiração, que Deus possa confortar o coração de toda a sua família em especial meu amigo Junior lomazzi

    ResponderExcluir
  12. Além de tudo, grande pescador. Meu dileto amigo de pescarias e noites inesquecíveis no Araguaia. Saudades

    ResponderExcluir
  13. Conheci o Waldir e sua família na época que trabalhava no Coqueiro. Inclusive o Roberto era seu colega na oficina. Meu pai, Francisco Sousa era muito amigo de todos. Meu nome Camilo Lustosa de Sousa. Que Deus conforte à família. .

    ResponderExcluir
  14. Meu exemplo de homem virtuoso, honesto, musico maravilhoso. Que os anjos e o meu Senhor o receba em teus braços no grande Coral do Céu.
    Meu padrinho.
    Sua afilhada: Veronica Espindola

    ResponderExcluir
  15. Pessoa de ilibada conduta, amigo, irreparada perda, que os anjos digam amem!!!


    ResponderExcluir
  16. Waldir Lomazzi,
    Construiu a sua história com honradez em tudo que fêz.
    No esporte como goleiro e piloto de corrida, como profissional na qualidade de mecânico e, principalmente, naquilo que com paixão mais tempo fêz na vida: Seresteiro, tocava bandolim e cantava com alma.
    Vai fazer muita falta!

    ResponderExcluir