quinta-feira, 18 de agosto de 2011

DO BAÚ DO CATANHA II

Já falei em outras oportunidade que considero o Catanha como um dos maiores pilotos brasilienses.

Lembro-me das corridas locais e, principalmente, das corridas de longa duração e o piloto brasilense que mais se destacava era ele.

Em 1976, bateu os famosos e poderosos Mavericks da Mercantil Finasa do Luis Antônio Greco quando fez a pole position e após liderar por grande parte da prova, só não saiu vencedor porque um pneu furou.

Segundo o próprio Catanha, "estavamos em segundo e no final da corrida furou um pneu dianteiro quando o Ze Laurindo tava pilotando. Teve que parar e ai voltei guiando e consegui chegar em terceiro quase chegando em segundo porque o OPALA do Ricardo Soares Oliveira e Tarla estava ratiando o motor". 
Para vocês terem ideia, o Catanha fez a Pole Position com 2min42 enquanto o segundo colocado marcou em torno de 2m45.

Mas teve também, após abandonar a carreira por muitos anos, voltou a correr depois dos 50 na Copa Clio como mostram as fotos que ele gentilmente cedeu para este blog.

Sobre a Copa Clio:

"Eu participei da Copa Clio em 2002. Fiz 4 provas, BSB, Porto Alegre, Londrina e Rio de Janeiro.
Aquela foto foi em 2004, montei a Equipe BRB de STOCK LIGHT em Petropolis. A Equipe era do Antonio Americo, TUNICO, de Brasilia.



Olha o galã aí voltando a correr
E acelerando forte

Aqui no autódromo Nelson Piquet em Brasília

E o cara ainda andava bem pacas

Aqui outro grande piloto brasiliense, o José Alexandre, disputando uma categoria da Stock Cars.

O José Alexandre, correu e venceu em várias categorias, começando pelo kart, passando pelo Motocross, Motovelocidade, Turismo, Stock e Espron BMW.

Então parabéns a estes dois grandes pilotos brasilienses, grandes botas e grandes amigos.


Eu nao conhecia o carro e foi o ano que passou a usar os motores V8 substituibndo os 6 cil dos OPALA e o cambio EATON das caminhonetes C10, NISSAN e outras.

O Tunico convidou o Ze Alexandre para a primeira corrida em Curitiba. Ele nao conhecia o carro nem a pista. Lideramos todos os treino e na corrida acabou o freio. Os mecanicos esqueceram de colocar as mangueiras de refrigeracao das pincas de freio. Fomos pra Sampa e o Ze ja saiu barbarizando. O Serginho Slaviero e o Cule estavam la. Me desentendi com o Tunico e depois nao fui mais".

3 comentários:

  1. Catanha era o meu engenheiro de pista na stockcar v8 light em 2004, e na minha estréia contei muito com a "ajuda" do Catanha, chegando inclusive a liderar os treinos de sábado... Valeu Catanha!

    ResponderExcluir
  2. Comentário do Helinho encaminhado para o meu email

    "´Parabéns Jovino, o Catanha é um grande amigo. Somos contemporâneos de longa data, criados juntos na AABB, 308 sul, 114 , 714 etc


    Abraços


    Hélinho de Freitas"

    ResponderExcluir
  3. Jovino
    Parabéns!
    Seu blog tem mostrado um acervo sensacional de fotos e conteúdo.
    Parabéns aos dois pilotos que aceleravam fundo e ao Nelson Piquet pelo aniversário.

    ResponderExcluir