segunda-feira, 27 de agosto de 2012

1º AUTO CLÁSSICO DO LAGO SUL

Foi realizado neste final de semana, em comemoração ao 52º aniversário do Lago Sul, o 1º Auto Clássico do Lago Sul com o apoio do Veteran Car Clube de Brasília, do Museu do Automóvel de Brasília e diversos outros clubes de carros antigos, entre eles, o Puma Clube de Brasília, que formou uma ilha de pumas.

O evento foi realizado, mais uma vez, no Pontão do Lago Sul, agora em uma nova área, maior, mais arejada e às margens do Lago, como vemos nas fotos abaixo.

Agradecimento ao Presidente do VCC de Brasília, Paulo Afonso, aos seus diretores, em especial ao Pumeiro Giovani Pasini, Diretor Institucional e de Eventos, ao Diretor Social Nelson Ormezano (o Baratinha), ao Diretor Financeiro Juarez Ribeiro, ao Marconi Souza, idealizador da exposição, a todos os amigos apaixonados por carros antigos que realizaram este evento e ao Administrador do Lago Sul, Sr. Wander Azevedo.

O evento foi um grande sucesso, e apesar de ter sido organizado em menor de uma semana, acredito que deverá tornar-se efetivo em comemoração ao aniversário do Lago Sul.


 O Ford GT 40 KVA do post anterior
 O MG do meu amigo Henrique e a ilha de puminhas lá no fundo
 Na manhã friorenta de sábado, uma ilha de puminhas começando a se formar.
 Os meus amigos pumeiros, Paulo, Virginia, ALexandre, Bill, Mortagua, eu, Marcão, sentados, William Cadilac Motos Clássicas Blues Band e William Silva, o presidente do Puma Clube de Brasília
 Virginia, Paulo Mostardeiro e sua Cristina, Bill e Mortagua
 Este Mercedes, segundo o seu dono, o meu amigo David Troncoso, pertenceu ao Sr Venâncio (um empreiteira de Brasília e já falecido) e que está à venda, o Wastburg (DKW), entre outros carros. Esta era a ala dos importados.
 Mais importados
 No destaque o MG e um Mustang March.
 O Fordinho do Dib, os bilíssimos Thunderbird do Lípio e o Jaguar do Malcotti
 Cadilacs, Corvetes 

 O Fúria Alfa já mostrado aqui outras vezes e que sempre faz sucesso por onde é exposto
 O Ford GT 40 KVA também fez muito sucesso com o público, principalmente quando urrava os seus 540 cavalinhos
  As belas Alfas
 O Mini Cooper ou Morris, a  Iseta BMW e várias motos antigas e o raro Prefect
 Destaque para o Rolls 26 do  Piquet
 O Chevrolet bege do hargreaves, Belair, Mustangs
 No destaque, o Pedrinho, Dib e Zarur
 Leo, Zé Alexandre e Ricardinho Melo
  As Berlinetas formando o "ajuntamento" de carros nacionais.
  Alguns Chevrolets e o caminhão bem antigo Mercedes
 Veja como ficou bonita a ilha de puminhas, em separado, junto à ala dos importados, mais apegados e próximos uns dos outros. Afinal de contas: eles são internacionais, pois foram exportados para vários países de todo o mundo.
A turminha do Puma Clube de Brasília, esposa do Carlinhos, Carlinhos, Bill, Jovino, Paniago e William
No destaque dos pumeiros Mortagua e Ernestinho, a pergunta que não quer calar: onde está Willy?

6 comentários:

  1. Fabiani C Gargioni #2727 de agosto de 2012 21:43

    Belo encontro Jovino, de nível internacional!!!

    ResponderExcluir
  2. Mais uma vez parabéns ao querido amigo Jovino, grande personagem do nosso meio antigomobilista, que para onde vai leva o seu entusiasmo, fruto do qual acaba por nos presentear com belas matérias e fotos fantásticas. Um super abraço,
    Dib

    ResponderExcluir
  3. Valeu Dib e Fabiani. Para quem estiver aqui em Brasília, no domingo, no autódromo, teremos track day e regularidade de antigos. Compareçam com os seus antigos.
    Abs. Jovino

    ResponderExcluir
  4. encontro de antigos de qualidade é tudo de bom.
    Mais um Jov.

    Qualquer fds desses, aporto por aí.
    abraço,

    PS: aguardo resposta do meu mail...

    ResponderExcluir
  5. Diga Regi. Você me encaminhou um email? Não o recebi. Pinta mesmo aqui na cidade. Abs. Jovino

    ResponderExcluir
  6. Comentário do Paulo Mostardeiro encaminhado para o meu email:

    "Prezado Jovino,
    não poderia deixar de registrar a atitude solidária do Adriano Mortagua, que se dispos a ir buscar meu Puma GTB na minha garagem para o Encontro do Pontão e que após uma pane na bomba de gasolina do Karmann Ghia TC em plena BR-060 que eu estava conduzindo, em frente ao Riacho Fundo, ficou em plena pista, por quase duas horas de sol forte, desviando os carros que passavam em velocidade, para evitar um acidente de grandes proporções, até que fosse providenciado socorro. Foi um companheiro admírável, sempre solicito e com uma boa vontade inigualável. O Adriano é uma pessoa nota dez.
    A ele meu agradecimento de público. Gostaria que os demais companheiros Pumeiros soubessem do meu agradecimento pela solidariedade do Adriano Mortagua,
    Abraços,
    Paulo Mostardeiro
    "

    ResponderExcluir