domingo, 26 de agosto de 2012

UM FORD GT 40 KVA EM BRASÍLIA

Um amigo de Brasília importou a belezura aí. Tráta-se de um Ford GT 40 KVA construído em 1966, e, que, segundo o seu proprietário, foram construídos  cerca de 40 carros (este é o nº 6).

Este Ford GT40 - KVA, foi projetado por Kevin Vincent Atwell (engenheiro de Produção Sênior da Ford Motor Co.) Ele foi incumbido pala Ford para construir os moldes e peças que eram sobressalentes dos carros de corrida GTs40 originais. Depois foi concedida a permissão por Ford Motor Co. para ele usar os moldes e continuar produzindo os seus próprios GT40 (KVA's). Devido ao seu acesso a esses moldes, o KVA é um dos Fords GTs 40 que mais se aproxima do lendário Ford GT40 de corrida.

O carro é aproximadamente 97 % completo e precisa de itens menores para a sua contrução como tecido de tapetes e interior e pequenos detalhamentos finais. 


Ele é equipado com motor V8 de 5 litros (302) com 540 HP com 4 Weber 44, câmbio de 4 marchas com relação bem longa: a 1ª chega aos 142 km/h, a 2ª aos 244 km/h, a terceira aos 272 km/h, com velocidade máxima de 328 km/h, acelerando de 0 a 400 metros em 12 segundos (209 km/h), com chassi tubolar, monocoque independente e peso de 1090 Kg, e com um detalhe: o câmbio é Porsche, pois segundo ainda o seu proprietário, os câmbios Fords que equipavam os Fords GTs 40 não resistiam muito e haviam muitas quebras, inclusive, muitos destes construídos para as competições naquela época, foram destruídos em incêndios. 
Estive comparando o Ford GT construído em 2005 com este aí. Este é mais compacto, menos robusto com pequenos detalhes de tomadas de ar, os dois tanques laterais, farois, a porta que ocupa uma parte maior do teto.
 As rodas têm off-sets negativos, uma característica da época
A visão lateral da máquina  
 Repare no vidro traseiro que é de acrílico e com pequenas entradas de ar que vão direto para os 4 Webers 44

O interior, um carro construído para dois passageiros.

As rodas com off-sets negativos e o motorzão de 540 cv.

o detalhamento da porta. No Ford GT construído em 2005, a porta é menor e neste ocupa maior espaço no teto.

Detalhe dos dois tanques laterais, um para cada lado.


Aqui dá para ver melhor o motorzão e as 4 Weber 44
Veja a máquina acelerando no video abaixo.


Veja este vídeo com o Ford GT40 da Scuderia Filipinetti 

6 comentários:

  1. Os Ford GT 40 começaram com a caixa (transaxle) da empresa italiana Colloti Transmissioni, que eram frágeis e problemáticas. Posteriormente passaram e usar a ZF 5DS-25/2. Os GT 40 também usaram caixas Hewland LG500 e Kar Kraft, mas de caixa Porsche não há registro.

    ResponderExcluir
  2. Luiz, a informação é do proprietário do carro. Eu até tentei fotografar a caixa de câmbio para mostrar aqui com a marca Porsche, mas a posição em que abre o capô traseira, não foi possível.
    Jovino

    ResponderExcluir
  3. Fabiani C Gargioni #2727 de agosto de 2012 21:42

    Lindo carro Jovino,além de ser uma lenda das pistas!!!

    ResponderExcluir
  4. Veja Jovino, no FEI X20 que usa motor Corvette com 550hp, o Ricardo Bock e alunos optaram por uma caixa Porsche, montada de "cabeça para baixo". Deve ser a mesma usada neste carro.

    ResponderExcluir
  5. Talvez a réplica venha com caixa Porsche, mas mão os genuínos.

    ResponderExcluir