domingo, 3 de março de 2013

UMA BELA MANHÃ NO VCC DE BRASÍLIA

Uma história de paixão e perseverança. Este belo Impala do meu amigo Luciano Brasil ficou 20 anos no estaleiro esperando para ser restaurado e três anos no atelier do VCC. Hoje ele deu as primeiras voltas e eu tive o prazer de passear com ele no clube. Acredito que a maioria dos verdadeiros apaixonados por carros antigos têm um maior prazer em eles mesmos restaraurarem os seus antigos. É como um renascimento de algo muito querido que você vai fazendo aos poucos até ele pegar forma e ganhar vida, como um filho que vem ao mundo.
 
O belo Impala do Luciano... 
Veja um pequeno vídeo "on board" que eu fiz nas dependências do VCC de Brasília em seu primeiro passeio depois da restaruação.

   O vídeo não é lá estas coisas, mas dá para sentir a bela máquina que foi motivo de muitos Rocks and Rolls dos rockeiros sessentistas
 É um clássico americano e considerado por muitos como o primeiro Carro Muscoloso da história com o seu potente V8 para a época.  
 Mas tem também... e que renasceu novamente. Quem se lembra do "Migão"!!! A kombi encurtada da Brasal que fez muito sucesso com a criançada e participou de diversos comerciais na década de 70 toda restaurada!

Repare nas rodas "Bolo de noiva". Uma das rodas mais bonitas dos anos 60/70.
O plymouth Satellite 1972 do Luciano
A cara de mau do belo Plymouth  


Tive o prazer de dar uma voltinha com o Plymouth Satellite 1972 do Luciano. Ultimamente, nos últimos 8 anos, só venho dirigindo Puminhas, fuscas, enfim, carros pequenos. O último carro musculoso que tive foi um Galaxie 500 1976 e que dá muita saudade. Mas como é gostoso dirigir um carro destes. Parece uma viagem super confortável e que a gente não quer parar, super macio, e que responde bem às acelerações com o motorzão V8 e câmbio automático..
Veja abaixo o vídeo "on board" que o André do Speed Brasília fez comigo o dirigindo nas ruas da Candangolândia.

  e tem mais...
 O 3 cv do Pimpão
 O Porsche Carrera
 O belo motor v10. Veja a posição dos amortecedores traseiros.
 Meu amigo Juarez apreciando o belo Porsche

Veja no vídeo acima maiores detalhes do Porsche Carrera GT , o único no Brasil. Mas o que vale a pena é no final do video quando ele sai com um puminha amarelo colado na sua traseira. 
 Um Hot com motor BMW de 6 cilindros 
 Este Hot é dos mais belos que já vi aqui em Brasília. E é um Dodjão com motorzão V8
 Faixas brancas com rodas estilo anos 40 com fundo vermelho.
 O motorzão V8 do dodge moderno
 O interior do belo Hot. Tudo impecável e de bom gosto.
 Faltou a mala. Cadê a mala!!!
 
E já que estamos falando de Muscles Cars, resolvi incluir o comentário esclarecedor do Luiz a respeito destas belas máquinas abaixo:
 
"Com referência ao Impala 61 do Luciamo, na verdade, o primeiro muscle car foi o Pontiac GTO 1964. Esse carro inaugurou a era do muscle car. O conceito era um carro médio com motor grande, o que até então era tabu dentro da GM. O criador do GTO foi John Zachary DeLorean, engenheito-chefe da divisão Pontiac. Ele e sua equipe, trabalhando secretamente, colocaram o motor 389, dos carros full size no médio Pontiac Tempest, cujo maior motor era um V8 de 326 polegadas (5.3 litros). Em 1964 GTO era uma opção de performance para o Tempest, mas em 1965 foi transformada em uma marca à parte.
O Tempest com o motor 389 foi mostrado à alta direção da GM, que relutantemente permitiu o início da produção achando que o carro seria um fracasso de vendas. Ledo engano. O GTO foi um retumbante sucesso e criou a tendência do muscle car. No seu rastro vieram outros, como o Chevelle SS 396, o Buick GS e o Oldsmobile 442.
Outras fábricas correram atrás. A Ford criou seu muscle car com o carro médio Fairlane equipado com um big block 390. Até a American Motors, focada em carros econômicos, entrou na onda do muscle com o Rambler Scrambler, equipado com um V8 de 390 polegadas.
Antes do muscle car existiram carros de performance, mas eram grandes e pesados. A Chevrolet teve os Bel Air e Impala 409. A Pontiac teve o Catalina 421 Super Duty e a Chrysler teve o famoso 300. O conceito do muscle era uma carroceria média, mais leve, com um motor de carro grande. O Impala 61 de alta performance, um pré muscle car, foi o raríssimo SS 409, de produção limitada."

http://www.history.com/videos/first-of-the-muscle-cars-pontiac-gto

6 comentários:

  1. Com referência ao Impala 61 do Luciamo, na verdade, o primeiro muscle car foi o Pontiac GTO 1964. Esse carro inaugurou a era do muscle car. O conceito era um carro médio com motor grande, o que até então era tabu dentro da GM. O criador do GTO foi John Zachary DeLorean, engenheito-chefe da divisão Pontiac. Ele e sua equipe, trabalhando secretamente, colocaram o motor 389, dos carros full size no médio Pontiac Tempest, cujo maior motor era um V8 de 326 polegadas (5.3 litros). Em 1964 GTO era uma opção de performance para o Tempest, mas em 1965 foi transformada em uma marca à parte.
    O Tempest com o motor 389 foi mostrado à alta direção da GM, que relutantemente permitiu o início da produção achando que o carro seria um fracasso de vendas. Ledo engano. O GTO foi um retumbante sucesso e criou a tendência do muscle car. No seu rastro vieram outros, como o Chevelle SS 396, o Buick GS e o Oldsmobile 442.
    Outras fábricas correram atrás. A Ford criou seu muscle car com o carro médio Fairlane equipado com um big block 390. Até a American Motors, focada em carros econômicos, entrou na onda do muscle com o Rambler Scrambler, equipado com um V8 de 390 polegadas.
    Antes do muscle car existiram carros de performance, mas eram grandes e pesados. A Chevrolet teve os Bel Air e Impala 409. A Pontiac teve o Catalina 421 Super Duty e a Chrysler teve o famoso 300. O conceito do muscle era uma carroceria média, mais leve, com um motor de carro grande. O Impala 61 de alta performance, um pré muscle car, foi o raríssimo SS 409, de produção limitada.

    http://www.history.com/videos/first-of-the-muscle-cars-pontiac-gto

    ResponderExcluir
  2. Valeu Luiz pela aula de Musccle car. Vou inserir o seu comentário lá no post. Jovino

    ResponderExcluir
  3. Jovino, é sempre um prazer ler o seu blog.
    O mais interessante nessa coisa de muscle car é que o avô do conceito carro leve + motor grande foi o Oldsmobile 1949. Nesse ano a divisão Oldsmobile usou basicamente a carroceria do Chevrolet 1949, com toques de estilo específicos, para receber seu primeiro V8. O carro na época foi o americano mais veloz. Mas isso durou pouco porque logo a divisão Oldsmobile passou a usar a pesada plataforma do Cadillac.

    ResponderExcluir
  4. Fabiani C Gargioni #275 de março de 2013 09:48

    Como sempre belos carros Jovino, as rodas da "kombinha", as bolo de noiva são lindas nós temos dois jgs aqui, mas são estreitos e eu queria pelo menos duas mais largas mas tá difícil achar!!!

    ResponderExcluir
  5. Fabiani.
    Você pode mandar abrí-las ou as alargar ou até ainda aumentar o aro dela dos 13 para 14.
    Procure onde mora quem faça trabalhos com rodas, recuperação que eles fazem este tipo de trabalho e fica ótimo. É só procurar profissionais de confiança. Jovino

    ResponderExcluir
  6. Fabiani, ainda sobre as rodas bolos de noiva, a RM Rodas (é só procurar no gooogle) que tem o site deles, fazem por encomenda estas rodas e outras em aluminio aro 14 e até 8 polegadas.Jovino

    ResponderExcluir